Mourinho e Cristiano Ronaldo vão ser as duas maiores estrelas do Real Madrid na versão 2010/2011 e Mourinho não acredita que vá ser uma convivência difícil.

“A gestão com o Ronaldo vai ser fácil. A dificuldade com o Ronaldo é inseri-lo num sistema táctico em que ele se sinta como peixe na água. Um clube nunca pode ser construído à volta de um jogador, mas uma equipa deve ser construída de modo a que os seus jogadores mais importantes se sintam num habitat propício a serem os melhores. Por isso, o Ronaldo tem de ser inserido num contexto em que possa ser o melhor, porque é um jogador fantástico.”

Mourinho é mestre em tirar partido das melhores qualidades dos jogadores que tem ao seu lado, mas neste caso assume que nem vai ter de se esforçar muito para que Cristiano Ronaldo esteja no topo.

“Ele é um excelente profissional. É o primeiro a chegar e o último a sair e ninguém trabalha mais do que ele. Portanto, o que ele faz nas férias não é problema meu, desde que ele cá dentro seja aquilo que eu não tenho dúvidas de que ele vai ser”, terminou ‘El Especial’.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.