Foi depois do triunfo do Real Madrid por 3-1 sobre o Liverpool na 1.ª mão dos quartos de final da Liga dos Campeões que o treinador francês Zinédine Zidane abordou, em declarações à Sky Sport Itália, essa possibilidade, embora tenha feito questão de frisar que neste momento estava totalmente concentrado no Real.

"Gosto daquilo que faço. É difícil fazer melhor, embora tenha equipa para fazê-lo. Itália está no meu coração. Passei cinco anos em Turim e a Juventus continua a ser um clube importante para mim. No entanto, estou aqui e focado no Real Madrid", afirmou Zidane.

Estas declarações de Zidane fizeram, naturalmente, eco na imprensa espanhola, com o diário AS a garantir que as palavras do antigo astro da seleção gaulesa estarão a causar mesmo já alguma inquietação nos 'merengues', face a uma possível partida do seu atual treinador para Turim, onde reencontraria Cristiano Ronaldo.

Zidane disputou 212 jogos com a camisola da Juventus por quem apontou 31 golos e fez 38 assistências. Pela 'Vechia Signora' ganhou duas Taças de Itália, uma Taça Intercontinental, una Supertaça Europeia e uma Supertaça de Itália. Chegou aos 'bianchoneri' em 1996, proveniente do Bordéus, e rumou depois ao Real Madrid no verão de 2001, a troco de mais de 77 milhões de euros.

Como treinador, está na sua segunda passagem pelo comando técnico do conjunto madrileno, ao leme do qual já conquistou três Ligas dos Campeões e duas Ligas espanholas, entre outros troféus.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.