O avançado português Nuno Silva, de 29 anos, foi apresentado como reforço do Real Jaén mas não se livrou de um episódio polémico. O jogador chegou à sala de imprensa do clube do terceiro escalão do futebol espanhol com uma imagem do antigo ditador Francisco Franco estampada na t-shirt.

A escolha de Nuno Silva foi ferozmente criticada nas redes sociais, mas o jogador português emitiu um comunicado como pedido de desculpas.

"Perante a polémica suscitada pela minha camisola, quero esclarecer que a adquiri há algum tempo em Portugal e que, em momento algum tive consciência da repercussão que tem esta personagem histórica na sociedade espanhola. Vivi em Portugal e em Angola e não conheço a história de Espanha, por isso desconhecia complemente o significado de usar esta camisola no vosso país. Quero pedir desculpas a todas as pessoas que se sentiram ofendidas e às que se viram feridas a sua suscetibilidade. Nunca pretendi ser apologista dos ideais propagados por essa personagem histórica. Não tenho quaisquer preferências políticas", explica.

Em Portugal, Nuno Silva representou União da Madeira, Olhanense e Santa Clara.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.