Começam as emoções da La Liga e com muitos pontos de interrogação: Quem será campeão, quem conseguirá lugar nas competições europeias, quem poderá descer.

Corrida ao título com crónicos candidatos e... possíveis surpresas

Olhemos primeira para a corrida pelo título, com os dois crónicos candidatos: Real Madrid e Barcelona. O clube de Madrid foi campeão, conquistou a Liga dos Campeões, e mais recentemente, a Supertaça Espanhola. É por isso o principal candidato ao título e conta com a presença de Cristiano Ronaldo para mais uma época de sucessos, ao leme de Zinedine Zidane.

Cristiano Ronaldo suspenso por cinco encontros
Cristiano Ronaldo suspenso por cinco encontros
Ver artigo

No entanto, o internacional português não irá contar para o início do campeonato, visto que foi castigado com cinco jogos de suspensão (um deles cumprido na segunda-mão da Supertaça Espanhola) e vai falhar as próximas quatro partidas.

Esta temporada, o Real Madrid decidiu apostar em contratações jovens, ao ir buscar Theo Hernández ao Atlético de Madrid e Dani Ceballos ao Bétis de Sevilha. De resto, apostou nos regressos de jogadores como Marcos Llorente ou Jesús Valejo.

No entanto, também existiram muitas saídas no clube madrileno, com nomes como Morata (Chelsea), Danilo (Manchester City), Pepe (Besiktas), James Rodríguez (Bayern Munique) e Fábio Coentrão (Sporting) a saírem do emblema espanhol.

Do outro lado, temos o Barcelona, uma equipa que ainda procura a sua identidade. Com um novo treinador (Ernesto Valverde), o clube 'blaugrana' procura voltar à conquista do campeonato nacional depois de, na época passada, ter conquistado apenas a Supertaça Espanhola e a Taça do Rei. Lionel Messi continua a ser a maior estrela da equipa e pretende ajudar a equipa a fazer melhor do que na temporada anterior.

No seu plantel, e pela primeira vez em muitos anos, existem mais jogadores portugueses do que no Real Madrid. Nélson Semedo e André Gomes são os nomes lusos que pretendem ajudar o clube a alcançar novos voos.

Até ao momento, o Barcelona contratou quatro jogadores. Para além de Nélson Semedo, Paulinho (Guangzhou Evergrande), Gerard Deulofeu (Everton) e Marlon (Fluminense) são os novos reforços para esta temporada.

No entanto, a saída de Neymar (PSG) poderá causar mossa no clube 'blaugrana', que conta também com poucos avançados, o que poderá levar a uma nova ida ao mercado. Recorde-se que Luis Suárez vai falhar as primeiras jornadas do campeonato devido a lesão.

Alarme no Barcelona: Luis Suárez vai ficar parado durante quatro semanas
Alarme no Barcelona: Luis Suárez vai ficar parado durante quatro semanas
Ver artigo

A correr de fora, especialmente devido à ausência de contratações, está o Atlético de Madrid. A equipa de Diego Simeone tem feito boas épocas, mantém as suas principais peças e, a partir de janeiro, poderá contar com reforços de peso.

Corrida pela Europa promete estar ao rubro... e com muitos portugueses à mistura

Se tivermos em atenção a época passada, existem vários candidatos às competições europeias, numa luta que promete estar ao rubro durante todo o campeonato e com vários jogadores portugueses.

À cabeça temos o Sevilha. Terminando em quarto lugar na última época, o clube agora treinado por Eduardo Berizzo, procura consolidar-se nas posições cimeiras do campeonato e tem procurado reforçar-se bem para garantir este mesmo objetivo.

Nomes como Nolito e Jesús Navas (Manchester City) ou Éver Banega (Inter de Milão) reforçaram o clube andaluz. Também Daniel Carriço continua na equipa de Berizzo e procura dar o seu melhor para ajudar a sua equipa a alcançar os seus objetivos.

De seguida, temos o Villarreal, outro dos candidatos a um lugar nas competições europeias. O 'submarino amarelo' reforçou-se em Portugal, com a contratação de Rúben Semedo, do Sporting, e de Andrés Fernández, do FC Porto. Enes Unal, do Manchester City, também é um dos reforços mais sonantes.

No entanto, viu sair jogadores importantes como Mateo Musacchio (AC Milan), Roberto Soldado (Fenerbahce) e Jonathan dos Santos (Los Angeles Galaxy) e poderá ter de consolidar uma nova equipa para um bom campeonato.

A Real Sociedad conseguiu chegar à Liga Europa na época passada e poderá fazer o mesmo nesta temporada. O clube basco contratou Adnan Januzaj ao Manchester United e Diego Llorente ao Real Madrid e conta com estas peças para atacar a liga. Também o português Kévin Rodrigues foi promovido da equipa B e é mais uma 'arma' ao serviço do técnico do emblema espanhol.

O Athletic de Bilbau também conta na corrida europeia. O clube basco procura um novo lugar na Liga Europa, depois de ter ficado no sétimo lugar na época passada.

A partir de fora, com um novo treinador (Marcelino Toral) e com uma época para esquecer, está o Valência. Depois do 12º lugar na época passada, o clube 'che' procura virar a folha e conseguir um lugar cimeiro na liga espanhola. Com a chegada de Simone Zaza e Neto (Juventus) e de Fábio Orellana (Celta de Vigo) e com a presença de Nani, João Cancelo e Rúben Vezo, o Valência quer mostrar que não é a equipa que foi no ano passado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.