O Real Madrid foi mais forte no 'El Clásico' e bateu o Barcelona por 3-1 no Santiago Bernabéu, em partida da 10.ª jornada da Liga espanhola 2022/23. Os madrilenos  aproveitaram os erros alheios  para impôr ao eterno rival a primeira derrota no campeonato, à nona jornada.

Igualados na frente antes do desafio no Santiago Bernabéu, os ‘merengues’ foram mais fortes ante um conjunto catalão que nos oito jogos anteriores apenas tinha sofrido um golo, encaixando agora três num encontro em que o defesa Eric Garcia, com erros comprometedores, ‘ajudou’ ao êxito rival.

O Real Madrid entrou melhor na partida e abriu o ativo aos 12 minutos, por intermédio do inevitável Karim Benzema. Ter Stegen, guarda-redes do Barça, ainda fez a mancha a um primeiro remate de Vinicius Jr., que apareceu isolado na sua frente, mas a bola sobrou para o avançado francês, que não perdoou.

O Barcelona tentou reagir e Lewandowski falhou o empate aos 25 minutos, num desvio ao segundo poste após cruzamento-remate de Raphinha, com a a bola a sair por cima.

Não marcou o Barça, voltou a marcar o Real. Carvajal recuperou uma bola e, com a defesa do Barcelona desposicionada, a bola sobrou para Fede Valverde, que de fora da área encheu o pé para o 2-0.

O Real Madrid era perito em capitalizar deslizes, o mesmo não acontecendo com o neerlandês De Jong que, aos 37, frente ao ucraniano Andriy Lunin, não se superiorizou ao guarda-redes.

Aos 74 minutos os catalães reclamaram falta de Carvajal sobre Lewandovski na área, mas o árbitro deixou jogar e o VAR não interveio.

Na segunda parte os culés conseguiram reduzir por Ferran Torres, a passe de Robert Lewandowski , para assim entrar na discussão do resultado.

Com tudo em aberto, o jogo podia ter mudado completamente não fosse Fati, aos 87, errar por pouco o seu remate acrobático.

Mas, nos descontos, aos 92 minutos, o árbitro considerou penálti por falta de Eric Garcia sobre Vinícius na área blaugrana que Rodrygo converteu e fez o 3-1 final.

O Real Madrid lidera agora, isolado, com 25 pontos, mais três do que o FC Barcelona, com o terceiro lugar, que vale 19 pontos, a ser repartido pelo Atlético de Madrid, que no sábado ganhou 1-0 em Bilbau, e a Real Sociedad, que hoje se impôs por 2-1 em Vigo, com o português Gonçalo Paciência, que entrou aos 79 para os galegos, a ser expulso aos 90+4.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.