O Real Madrid vai ter 300 milhões de euros para reforçar o plantel na próxima temporada. De acordo com o jornal espanhol Marca, os 'merengues' vão revolucionar o plantel e trazer jogadores de renome para dar a volta ao mau momento que se vive este ano no Santiago Bernabéu.

Com Neymar a encabeçar a lista de potenciais contratações, os setores preferenciais são a defesa e o ataque, uma vez que o meio-campo não é a principal preocupação para Florentino Pérez. De acordo com a mesma fonte, os 300 milhões surgem de uma 'poupança' nos últimos anos em grandes contratações visto que o último jogador que o Real Madrid comprou por um valor elevado foi James Rodriguez (80 Milhões de euros).

Para além da 'contenção' nos últimos mercados de transferências, os rendimentos de marketing e venda de publicidade aumentam a possibilidade de gastar dinheiro perante as regras do fair-play financeiro.

Em sentido inverso, a 'revolução' de que fala a Marca deverá resultar na saída de vários jogadores para entrada dos reforços que podem vir a chegar à capital espanhola.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.