Caso insólito em Espanha: a Real Sociedad ´antecipou-se`no mercado de transferências e contratou um sem-abrigo para fazer a manutenção do Estádio Anoeta. O homem de 35 anos vai ficar ligado ao clube durante dois meses, período em que não vai ficar a viver na rua.

A ligação entre o clube e Rúben, o sem-abrigo em questão, teve início há oito meses quando o espanhol começou a passar noites nos arredorees do estádio. Como companhia, o sem-abrigo tinha sempre junto a si um cão que se mantinha junto dele nas noites à porta do estádio. Apesar de estar sem um lugar onde viver, Rúben era ajudado pela comunidade.

Perante as dificuldades e presença habitual junto ao seu reduto, um conjunto de dirigentes do clube basco resolveu ajudar Rúben ao oferecer-lhe um contrato de trabalho de curta duração. O objetivo é tirar o espanhol das ruas e, quem sabe, mantê-lo na estrutura do clube.

Nas primeiras declarações após ter arranjado emprego, o homem de 35 anos realçou que não esperava tamanha bondade por parte das pessoas.

“Já não acreditava em gente tão boa. Depois de tanto tempo, perde-se a esperança”, afirmou, no programa de televisão ‘Los Lunes al Gol’.

Num curto espaço de tempo, Rúben vai deixar a porta 20 do Estádio Anoeta e mudar-se para uma habitação. O cão, que esteve do seu lado, vai manter-se sob a sua proteção.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.