O internacional português voltou a reivindicar o estatuto de melhor jogador de futebol da atualidade apesar de frisar que não trabalha para troféus individuais. Numa entrevista ao jornal 'Marca', Cristiano Ronaldo garantiu que não trabalha com o objetivo de conquistar a quarta 'Bola de Ouro', mas assume ao mesmo tempo que pretende continuar a ser o melhor do mundo, com as cores do Real Madrid.

"Digo sempre o mesmo: considero-me o melhor do Mundo porque trabalho para o ser. Na minha cabeça sou o melhor e trabalho para isso", afirmou Cristiano Ronaldo.

"Não esperara estar tanto tempo em Madrid. Quero retirar-me no Real Madrid, é o clube do meu coração. Dá-me troféus individuais, coletivos... O que mais quero é renovar com o Real Madrid e ficar aqui muitos mais anos. (...) Nunca esperei chegar aos números a que cheguei. Sabia que era o maior clube do Mundo, mas não esperava bater Di Stéfano, Raúl... Foi algo incrível. A minha motivação é continuar a fazer história no melhor clube do Mundo", frisou depois o internacional português.

"O segredo é trabalhar e acreditar em mim. Continuar com a vontade de querer melhorar sempre. Tive uma lesão grava, estive dois meses parado. Agora regressei e, a princípio, tinha menos confiança, mas aos poucos sinto-me melhor, mais confiante. Sinto que estou a voltar a ser o que era. Os golos dão-me confiança. Fiz oito jogos e marquei 8 golos. Estou muito feliz. Quero continuar assim, a temporada é muito longa e acredito que vou fazer uma temporada espetacular outra vez", sentenciou o capitão da Seleção portuguesa sobre as expectativas para a presente temporada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.