O avançado português Cristiano Ronaldo contribuiu hoje com dois golos – após mais de um mês de ‘jejum’ – para a goleada do Real Madrid na receção ao Deportivo, por 7-1, na 20.ª jornada do campeonato espanhol de futebol.

O melhor jogador mundial de 2017 parecia condenado a mais um encontro em ‘branco’, mas, aos 78 minutos, reencontrou-se com os golos, empurrando para a baliza um cruzamento de Casemiro, bisando seis minutos mais tarde, aos 86, com um colocado remate de cabeça.

Ronaldo, que tinha marcado pela última vez em 16 de dezembro de 2017, na vitória por 1-0 sobre o Grémio, na final do Mundial de clubes, acabou por sair lesionado na sequência do lance, com a cara ensanguentada, numa altura em que os ‘merengues’ já tinham esgotado as substituições.

Mesmo em inferioridade numérica, os anfitriões voltaram a marcar, aos 88 minutos, por intermédio do defesa Nacho, que, aos 32, tinha iniciado a recuperação ‘merengue’, ampliada pelo avançado galês Gareth Bale, aos 42 e 58, e o médio croata Luka Modric, aos 68, após assistência de Ronaldo.

O avançado português, que tinha faturado pela última vez para a Liga espanhola em 09 de dezembro de 2017, tendo obtido também um ‘bis’ frente ao Sevilha, poderia ter concretizado o primeiro ‘hat-trick’ da época, mas o desvio certeiro aos 81 minutos foi invalidado por fora-de-jogo.

Os sete golos do Real Madrid foram marcados após a meia hora inicial de jogo e já depois de o avançado Adrian, ex-jogador do FC Porto, ter inaugurado o marcador para o Deportivo, aos 23, mas o campeão espanhol, europeu e mundial continua longe do líder e rival FC Barcelona.

O triunfo sobre o Corunha, após três jogos a ‘marcar passo’ na Liga espanhola (derrotas na receção ao Barcelona, por 3-0, e ao Villarreal, por 1-0, em empate 2-2 no estádio do Celta Vigo), permitiu aos ‘merengues’ subir ao quarto lugar, a distantes 16 pontos do Barcelona, com o mesmo número de jogos.

O ‘Barça’ voltará ainda hoje a ter mais uma partida realizada – que o Real Madrid tem em atraso devido à participação no Mundial de clubes - quando se deslocar ao recinto do Betis, podendo recolocar a diferença provisória entre os dois clubes em 19 pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.