O Sevilha, da primeira liga espanhola de futebol, anunciou hoje a contratação de Garcia Toral, ex-Racing de Santander, como novo treinador da equipa da Andaluzia.

O clube terminou o campeonato na quinta posição, falhando o apuramento para a Liga dos Campeões, um objectivo traçado no início da temporada, conseguindo, todavia, qualificar-se para a Liga Europa, prova que venceu em 2006 e 2007.

«A obrigação de todos é melhorar a classificação e os resultados alcançados este ano», disse Garcia Toral durante a conferência de imprensa de apresentação.

Para o técnico, a equipa tem de fixar-se no objectivo de se «qualificar para a Liga dos Campeões e lutar para o terceiro lugar na liga espanhola», acrescentando:

«Acredito que temos reais possibilidades de o conseguir.»

O presidente do clube, José Maria del Nido esclareceu que o Sevilha tem opção para mais dois anos com o novo técnico.

Toral definiu como prioridade da equipa o fortalecimento da zona defensiva da equipa, que sofreu 61 golos na liga na temporada 2010/2011, a quarta mais batida do campeonato.

«Temos de estancar a chuva de golos sofridos na época passada», disse.

Garcia Toral terá também de reformular a composição do ataque do Sevilha, depois da saída do internacional brasileiro Luís Fabiano (assinou pelo São Paulo), e da possível partida do maliano Frederic Kanoute.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.