O Sevilha considerou hoje “inaceitável e uma falta de respeito qualquer reunião da Federação Argentina de Futebol (AFA) com [o treinador] Jorge Sampaoli”, informou hoje o clube espanhol no seu sítio oficial na Internet.

Em comunicado, o clube andaluz refere-se “às informações publicadas em diferentes meios de comunicação social locais e internacionais sobre o interesse da AFA em contratar para selecionador Jorge Sampaoli, com contrato com o Sevilha até 30 de junho de 2018”.

“Perante as declarações, no mesmo sentido, atribuídas ao presidente da dita federação, Claudio Tapia, sobre a sua intenção de reunir em Espanha com o treinador do Sevilha nos próximos dias, o Sevilha formulou um protesto formal junto da AFA”, refere ainda o comunicado.

O Sevilha reforçou ainda que considera “uma falta de respeito, num momento inaceitável, qualquer contato para que o treinador avance com a rescisão com o seu clube.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.