Tiago nunca se adaptou ao futebol italiano e admitiu que em Itália “parecia ter esquecido como jogar”.

“Existe uma diferença enorme com o futebol italiano. Ali tive muitos problemas porque os treinadores não gostam muito de jogar com a bola no meio campo. Querem rápidas transições. Aqui tenho mais liberdade. Quero ficar, porque em Itália parecia que tinha esquecido como jogar” confessou o médio luso ao diário espanhol AS.

Questionado sobre o treinador do momento em Espanha, Pep Guardiola, Tiago afirma que o técnico catalão não se iria adaptar ao calcio.

“É impossível mudar a filosofia de jogo implementada no futebol italiano. Se Guardiola for para Itália, com os jogadores que lá estão, seria difícil conseguir chegar ao fim da temporada. Aliás, era impossível. Só teria hipóteses se levasse todo o plantel do Barcelona.”

O médio português, que já foi orientado pelos melhores treinadores do mundo, desde Houllier, Mourinho, Ranieri e Ferrara, não tem dúvidas ao afirmar que Mourinho foi quem mais o marcou como técnico.

“Mourinho. Vê o futebol de forma diferente. Leva em conta todos os detalhes. Com ele entrava em campo a pensar que conhecia os adversários há anos. Era incrível. Sabia até as manias dos adversários. Por isso ganha.”

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.