A equipa valenciana, com Miguel como suplente não utilizado, somou em San Mamés o sexto triunfo fora de casa e pressiona agora o Real Madrid, que visita o estádio Mestalla no próximo fim-de-semana, sem Cristiano Ronaldo, expulso no jogo de sábado com o Almeria.

O Athletic de Bilbau colocou-se em vantagem aos 57 minutos, através de Muniain, mas três minutos volvidos Villa restabeleceu a igualdade, enquanto Mathieu, aos 82, fixou o resultado em 2-1 a favor dos valencianos.

Os bascos, reduzidos a 10 unidades a partir dos 73 minutos, após a expulsão de Kuikili por acumulação de cartões amarelos, ainda beneficiaram de uma grande penalidade que suscitou dúvidas, num lance entre o defesa do Valência Navarro e Javi Martínez.

David López desperdiçou a oportunidade de empatar 2-2, com o seu forte remate a ser devolvido pelo poste esquerdo da baliza de César.

Mercê do empate 1-1 do Sevilha em casa com o Valladolid, o Valência ultrapassou a equipa andaluza e está agora a três pontos do Real Madrid, que, no sábado, venceu o Almeria por 4-2, com Cristiano Ronaldo a ser expulso sobre o apito final por acumulação de amarelos.

O internacional português fez a assistência para o primeiro golo dos madrilenos, assinado aos 31 minutos por Sérgio Ramos, desperdiçou uma grande penalidade, assinalada após uma falta duvidosa sobre si, e marcou o quarto tento do Real, aos 88.

Também no sábado, o FC Barcelona venceu fora o Deportivo da Corunha, por 3-1, com dois golos de Lionel Messi, vencedor da Bola de Ouro deste ano.

Os catalães, campeões de Espanha e da Europa em título, lideram com cinco pontos de vantagem sobre o Real Madrid, mas os "blaugrana" têm mais um jogo disputado do que os "merengues".

No outro jogo antecipado para sábado, o Atlético de Madrid, adversário do FC Porto na Liga dos Campeões (as duas equipas defrontam-se terça-feira na capital espanhola), venceu por 2-0, no reduto do Xerez, com Simão Sabrosa a cumprir todo o encontro.

O Málaga, com Duda e Edinho titulares (Hélder Rosário não foi convocado), não foi além de um empate 1-1 na recepção ao Osasuna, mantendo o penúltimo lugar.

O Maiorca, de Nunes, que jogou os 90 minutos, goleou o Zaragoça por 4-1, enquanto o Racing Santander, sem o defesa José António, impôs um 4-0 na visita ao Espanyol.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.