David Carmo, de 22 anos, é estreia absoluta, numa lista de 26 futebolistas em que entra também o avançado Ricardo Horta, igualmente dos arsenalistas, ausente desde o último encontro de Paulo Bento, em 07 de setembro de 2014. Fernando Santos justificou a chamada dos dois jogadores do SC Braga.

"Como sempre disse aqui sempre fez parte do lote que estavam a ser observados. A selecção é um espaço aberto, há sempre um lote de 50, 60 em observação. Aconteceu agora com a mesma naturalidade de outros que chegaram aqui. É uma oportunidade. Uma época sobrecarregada, com muitos jogos. Alguns ainda vão ter jogos como o Patrício e o Jota. Vai obrigar a rotação clara nestes quatro jogos em 10 dias. Raramente aconteceu desde que estou aqui, à exceção de fases finais. Uma prova importantíssima, já vencemos e vai obrigar a gestão, daí o lote ser mais alargado. Não é dar minutos ao Joaquim, António ou o Manuel. Agora decidi o Domingos Duarte e o Carmo para os ter aqui, o contacto é sempre importante. Entendemos que era o momento oportuno para o fazer. Gostei muito do que fizeram aqui, não tem a ver com qualidade. E é importante nesta fase procurar avaliar. Ao vivo na televisão, é sempre melhor ter contacto com o que faz no treino, a relação, e a forma como jogamos", disse Fernando Santos na conferência de imprensa desta sexta-feira.

Fernando Santos fez questão de realçar que existirão "muitas mudanças até começarmos a preparar realmente o Mundial".

Há novidades nos convocados de Fernando Santos para o arranque de mais uma edição da Liga das Nações
Há novidades nos convocados de Fernando Santos para o arranque de mais uma edição da Liga das Nações
Ver artigo

"É importante ver em contexto de treino e jogo. Só temos quatro jogos e mais dois em setembro, o que vai ser muito importante. Vai haver muitas mudanças até começarmos a preparar realmente o Mundial. Jogadores vão mudar. Há os que não estão aqui e estiveram na última, mas sem condições físicas para estar aqui, como o Rúben Dias e João Félix. Temos de pensar no futuro e campeonato do Mundo. Mas não tanto no contexto de jogadores, cimentar o que fizemos no playoff. Forma de jogar, cimentar ideias, procurar corrigir o que não esteve tão bem, cimentar a ideia clara daquilo que queremos para projecção do que iremos fazer no Mundial".

O selecionador nacional falou ainda sobre a “renovação natural”, principalmente na defesa, realçando tratar-se de “uma discussão normal”.

“Pepe e Fonte têm idade mais elevada, mas o critério é de qualidade e não da idade. Se continuam a ser os que me dão garantias, tudo bem. Já não falo dos jogadores que lancei, mas se pensarmos que 27 chegaram à Seleção e afirmaram-se, chegaram com 18 anos, como o Rúben Neves, termina em Danilo com 24 e ainda era do Maritimo. Chegaram naturalmente, mas não foi uma renovação natural? Foi, vai continuar a ser feita em todas as seleções e em todo o lado. Mas o critério principal é a qualidade. Temos de analisar os jogadores, ver e depois decidir os que vão estar presentes no Mundial, que será aqueles que nos derem mais garantias. Temos um objetivo claro. Vamos jogar para 11 milhões de portugueses, com o objetivo único de ganhar, agora e no Mundial. Na máxima força".

No Grupo 2 da Liga A, Portugal começa por defrontar a Espanha, em 02 de junho, em Sevilha, depois joga duas vezes em Alvalade, em 05, com a Suíça, e em 09, com a República Checa, para, no dia 12, atuar em Genebra, no segundo embate com os helvéticos. Fernando Santos quis destacar a prova, que ainda continua a ser desvalorizada por parte da opinião pública.

"É uma das provas mais importantes do calendário europeu. Reúne as melhores seleções europeias, temos 6 jogos nesta competição. Antes eram 4 agora são 6, mas entramos para competir e para ganhar. Eu e todos os meus colegas, se só vemos jogadores de vez em quando temos de aproveitar para consolidar ideias para o Mundial, onde só vamos ter 7 dias de trabalho. Praticamente não vamos ter treino. Vamos ficar aqui mais 2 ou 3 dias, depois a viagem para o Qatar. Há aqui uma série de factores que temos de trabalhar. Todos os selecionadores vão aproveitar para consolidar a ideia. Ninguém tem noção do que vai acontecer. Temos de preparar lote alargado para depois escolher, mas todos identificados. Maneira de estar, o grupo e os processo de jogo".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.