Os futebolistas Pepe, Bernardo Silva e João Félix falharam hoje o início dos trabalhos da seleção portuguesa, para o quinto encontro do Grupo A2 da Liga das Nações, diante da República Checa, no sábado.

Na Cidade do Futebol, em Oeiras, o selecionador luso, Fernando Santos, esteve privado do central do FC Porto, do médio ofensivo do Manchester City e do avançado do Atlético de Madrid, que não subiram ao relvado para realizarem trabalho de recuperação no ginásio.

Em sentido inverso, o técnico teve à disposição o lateral Mário Rui, que rendeu na convocatória o lesionado Raphaël Guerreiro, e o estreante Gonçalo Ramos, chamado para o lugar deixado vago por Rafa Silva, que renunciou à seleção.

Durante os primeiros 15 minutos abertos à comunicação social, o grupo de jogadores de campo foi dividido em dois, para a realização de situação de jogo, enquanto os três guarda-redes efetuaram trabalho específico junto de uma das balizas.

Concluídas quatro jornadas da Liga das Nações, Portugal está no segundo posto do Grupo A2, com sete pontos, depois de ter superado a Suíça (4-0) e a República Checa (2-0), em Lisboa, empatado em Sevilha, com a Espanha (1-1), e perdido em Genebra, perante os helvéticos (1-0).

A Espanha é quem lidera a ‘poule’, com oito pontos, enquanto a República Checa é terceira, com quatro, e a Suíça a última, com três.

A formação das ‘quinas’, vencedora da primeira edição da Liga das Nações, em 2019, precisa de vencer o agrupamento para chegar à ‘final four’ da terceira edição, sendo que a segunda foi conquistada pela França, numa final com a Espanha, em 2021.

Os quatro vencedores dos grupos da Liga A qualificam-se para a fase final, que inclui meias-finais, final e partida de atribuição do terceiro lugar. A ‘final four’ da terceira edição da prova será realizada em junho de 2023.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.