O que se passou ontem no Dragão

Ricardo Quaresma: "Foram os piores 90 minutos da minha vida"
Ricardo Quaresma: "Foram os piores 90 minutos da minha vida"
Ver artigo

O primeiro golo do encontro foi apontado por alguém que foi constantemente assobiado na casa do FC Porto, tratando-se de Talisca. O brasileiro foi, para tristeza de muitos adeptos portistas, o responsável por abrir o marcador aos 13 minutos. Numa jogada de insistência, a bola sobrou para Ricardo Quaresma (continua a ser muito amado no Dragão), que cruzou para a entrada da pequena área, onde surgiu Talisca a cabecear sem hipótese de defesa para Casillas.

Num lance infeliz, Dusko Tošic fez um auto-golo e empatou a partida aos 21 minutos. Após um canto batido por Alex Telles, o central sérvio cortou de cabeça, pressionado por Marega, e introduziu a bola na própria baliza.

À meia hora de jogo, Cenk Tosun rematou fortíssimo de fora da área, com Casillas ainda a tocar na bola, mas sem conseguir evitar o segundo do Besiktas. Aqui, o guarda-redes espanhol podia ter feito melhor.

Treinador do Besiktas: "É a primeira vez que ganhamos em Portugal"
Treinador do Besiktas: "É a primeira vez que ganhamos em Portugal"
Ver artigo

No segundo tempo, os Dragões podiam ter feito o empate aos 64 minutos. Novamente num canto batido por Alex Telles, Marcano ganhou nas alturas e cabeceou colocado, mas Ozyakup, junto ao poste, cortou em cima da linha de golo.

Nota para a substituição de Ricardo Quaresma. O antigo jogador do FC Porto saiu sob uma enorme ovação por parte dos adeptos portistas no momento da saída.

A poucos minutos para o final da partida, Babel fez o 3-1 e sentenciou a partida no Estádio do Dragão. O extremo holandês combinou com Negredo e rematou cruzado, com Casillas ainda a tocar na bola, mas sem conseguir evitar o terceiro dos turcos.

Casillas bate um recordeIker Casillas tornou-se no jogador com mais desafios disputados nas competições europeias. O guarda-redes espanhol soma agora 176 desafios da UEFA, igualando ainda Ryan Giggs com 19 temporadas consecutivas a jogar na Liga dos Campeões.Há 18 anos, a 15 de setembro de 1999, Casillas estreava-se nas competições europeias ao serviço do Real Madrid, num encontro contra os gregos do Olympiacos, que terminou com um empate a três golos.A figura do jogo

Talisca: "Conseguimos colocar em prática o nosso jogo"
Talisca: "Conseguimos colocar em prática o nosso jogo"
Ver artigo

Anderson Talisca já tinha marcado no Estádio da Luz na época passada e repetiu o feito no Estádio Dragão. A combinação do golo, o primeiro da partida, não poderia ter sido mais irónica, uma vez que juntou um mal-amado a um adorado, Ricardo Quaresma no mesmo lance. O jogador emprestado pelo Benfica esteve sempre muito afinado nas ações do Besiktas, sabendo segurar a bola e incomodar os adversários.

O outro jogo do grupo

No outro desafio do grupo, os alemães do Leipzig receberam e empataram a um golo com os campeões franceses, o Mónaco, fazendo do Besiktas o líder deste grupo.

A fase de grupos da Liga dos Campeões arrancou na terça-feira, com o Sporting a conquistar um importante triunfo na Grécia frente ao Olympiacos por 3-2, enquanto o Benfica foi surpreendido no Estádio da Luz pelos russos do CSKA Moscovo por 2-1. Os Dragões acabaram por ter um destino semelhante ao dos encarnados.

Apesar da derrota, Aboubakar fez a festa

Aboubakar mostra-se animado quando visitou balneário do Besiktas
Aboubakar mostra-se animado quando visitou balneário do Besiktas
Ver artigo

Vincent Aboubakar não pareceu muito incomodado com a derrota do FC Porto frente à sua antiga equipa, o Besiktas. O avançado camaronês foi ao balneário da equipa turca para "matar" saudades dos seus antigos colegas.

Recorde-se que o jogador não foi opção para Sérgio Conceição, por estar a cumprir castigo nas competições europeias.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.