O Sporting quis resolver as coisas à primeira, mas as redes das balizas não balançaram e a segunda oportunidade terá de ser de vez para o 'leão'. O clube de Alvalade empatou sem golos frente ao Steaua de Bucareste na primeira-mão do play-off de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões.

A equipa comandada por Jorge Jesus entrou na partida ciente que poderia ter um bom resultado e partir para a Roménia com outra confiança. E os primeiros minutos indicaram isso mesmo. Podence era um dos mais inconformados e Gelson Martins habituou-nos uma vez mais àquilo que sabe fazer tão bem: desequilibrar pelo lado direito.

No entanto, a bola teimava em não chegar ao fundo das redes adversárias. Ora pelas intervenções de Nita, guardião do emblema romeno, ou da falta de boas decisões da equipa lisboeta, que cruzava, cruzava, cruzava mas a bola não deixava de encontrar os lados e acima do rectângulo de linha de golo.

Do outro lado, o Steaua de Bucareste surgia frágil e sem grandes ideias de jogo, muito por culpa também da forte pressão aplicada pelo meio-campo sportinguista, composto por Adrien Silva e Battaglia. Apenas Alibec, muito sozinho na frente, tentava dar o ar de sua graça e até esteve perto do golo por duas vezes (valeu Rui Patrício).

A primeira parte terminava assim sem golos e com um Sporting a procurar sempre o golo, com várias jogadas de entendimento pelas alas, com Gelson a assumir grande parte das ações desequilibradoras no ataque. Os laterais também se tentavam imiscuir no ataque mas não foi uma noite óptima para Piccini e Fábio Coentrão, a grande surpresa da titularidade do Sporting.

A segunda parte iniciava-se da mesma forma, mas numa contenda mais equilibrada, com o Steaua de Bucareste a manter o seu bloco defensivo muito unido e a apostar forte nos contra ataques rápidos.

O Sporting movia-se mas era difícil passar a barreira montada pelos comandados de Nicolae Dica, que iam detendo e retendo todas as investidas 'leoninas'.

Nem a entrada de Iuri Medeiros, Bruno Fernandes e Doumbia vieram mudar aquele que viria a ser um nulo lisonjeiro para o Steaua de Bucareste e que poderá dar dores de cabeça ao conjunto leonino, que deixa assim o seu destino entregue a um só jogo, na Roménia, com muitos milhões da Liga dos Campeões mesmo ao virar da esquina.

O Melhor:

Gelson Martins: O extremo do Sporting mostrou mais uma vez toda a sua qualidade mas não foi suficiente para conseguir um bom resultado para a sua equipa.

Nita: O guarda-redes do Steaua de Bucareste esteve muito seguro durante toda a partida e fez várias defesas que conseguiram impedir a vantagem 'leonina'.

O Pior:

Bas Dost: O avançado holandês foi uma sombra daquilo a que tem habituado os sportinguistas, tendo tido pouca bola, poucos remates, muito por culpa também da boa organização defensiva do Steaua.

Jogo com muitas paragens: A partida desta terça-feira foi pouco fluida, com muitas paragens de parte a parte, contribuindo para um jogo menos de bola corrida e mais de bola parada.

Reações:

JORGE JESUS EXPLICA INCLUSÃO DE FÁBIO COENTRÃO NOS CONVOCADOS E FALA NUM RESULTADO "FALSO"

JESUS: “SE O PRESIDENTE ME DER UM JOGADOR COM QUALIDADE CLARO QUE FICO SATISFEITO”

BRUNO FERNANDES: "FOI FALTA DE SORTE, PARA A SEMANA SAIREMOS COM A VITÓRIA"

PODENCE: "VAMOS DAR UMA BOA RESPOSTA NA SEGUNDA MÃO"

NICOLAE DICA: "SEGUNDA-MÃO? PRESSÃO ESTÁ DO LADO DO SPORTING"

Curiosidades (Playmaker Stats)

Desde 1997/98 que o Sporting não conseguia estar os 3 primeiros jogos da época sem sofrer qualquer golo

Em 5 eliminatórias em que empatou 0x0 em casa na 1.ª mão na UEFA, o Sporting só se qualificou uma vez

Pela 1.ª vez o Sporting não venceu um rival romeno em casa (4 jogos). Continua sem sofrer golos frente a equipas romenas em Alvalade

O Sporting só venceu um dos nove últimos jogos europeus (1V 1E 7D)

Veja o que Jorge Jesus teve a dizer sobre este jogo:

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.