O Arsenal assegurou hoje a qualificação para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões em futebol ao receber e vencer o Partizan, por 3-1, em jogo do Grupo H, do qual fazia parte o Sporting de Braga.

A vitória do Arsenal foi mais difícil do que o resultado deixa transparecer, visto que a equipa inglesa só desfez a igualdade a um golo, que perdurava desde os 52 minutos, a pouco mais de um quarto de hora do fim, através de um golo de Walcott, que entrara a render o russo Arshavin, aos 67 minutos.

Quatro minutos depois o internacional francês Nasri fecharia o resultado, ao marcar o terceiro golo, mas o espectro do empate, que ainda alimentou a esperança do Sporting de Braga permanecer na Liga dos Campeões, pairou no Emirates Stadium.

O internacional holandês Van Persie colocou a equipa londrina em vantagem a partir da meia hora, através da marcação de uma grande penalidade, mas o Partizan, que ainda não somara qualquer ponto, restabeleceu a igualdade por Cléo, aos 52 minutos.

Os londrinos não esperavam tanta réplica do Partizan, tanto mais que o Arsenal costuma ser demolidor a jogar em casa, como o comprovam as goleadas impostas ao seus mais directos adversários do grupo, 6-0 ao Sporting de Braga e 5-1 ao Shakthar.

O facto de estar praticamente apurado, visto que não era crível que o Sporting de Braga fosse à Ucrânia golear o Shakthar por 4-0, explicará em parte a exibição mais apagada dos londrinos nesta Liga Europa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.