O camaronês Samuel Eto'o, aos 10 minutos, e o argentino Lionel Messi, aos 70, marcaram os golos da vitória da equipa espanhola, que impediu o clubes inglês de alcançar o segundo título consecutivo.

Em Roma, a formação de Pep Guardiola - que já tinha erguido o troféu como jogador - impôs à equipa inglesa a primeira derrota nos últimos 26 jogos, conseguindo também repetir o feito de 2006, ano no qual ultrapassou o Arsenal por 2-1.

Em 1999, o "Barça" tinha vencido na final a Sampdoria, por 1-0, após prolongamento.

O argentino Lionel Messi venceu também no "duelo" com Cristiano Ronaldo, colocando-se mais próximo para suceder ao português como melhor jogador do Mundo, galardão FIFA.

Cristiano Ronaldo e Nani foram impossibilitados de repetir o êxito da temporada passada, não entrando assim para a galeria de portugueses com dois triunfos na competição.

Em caso de vitória, o Manchester United teria conquistado a quarta Liga dos Campeões da história.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.