O Borussia Dortmund mostrou-se descontente com aquilo que classifica da "falta de fair-play" do Sporting. Os alemães falaram mais precisamente de um lance que envolveu o lateral Ezequiel Schelotto que não devolveu a bola ao Dortmund, depois do guardião alemão ter colocado a bola fora para que o central Sokratis fosse assistido.

Michael Zorc, diretor desportivo do Dortmund, comentou o lance: "Nunca vi nada parecido em 30 anos de futebol. Não houve fair-play, houve confusão", afirmou o dirigente.

Burki foi uma das vozes da contestação germânica: "É uma pena que quando atirei a bola para fora e o Sokratis estava no chão, o Sporting simplesmente continuou a jogar. Nunca vi nada assim".

Também Thomas Tuchel lamentou a ação do defesa leonino, no entanto, aponta a mira ao árbitro Damir Skomina: "O adversário pode continuar a jogar, mas esperava que, sendo um defesa, o árbitro fosse verificar o estado do jogador antes de mandar jogar", afirmou o técnico.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.