"Existem processos disciplinares que podem ser postos em prática para um jogador que simule, mas penso que no dia em que os árbitros sejam capazes de ver, o jogador não simulará mais", disse Platini.

Na opinião de Platini passaram-se anos a enganar porque os árbitros não têm capacidade para ver e a introdução de mais árbitros tornará as situações mais claras, ao invés de se ter que levantar processos após visionar os lances na televisão.

O médio Massimo Donati, do Celtic Glasgow, e o director da federação escocesa Gordon Smith, pretendem que a UEFA puna o brasileiro Eduardo por simulação de uma grande penalidade na quarta-feira, no jogo de acesso à Liga dos Campeões.

Gordon Smith entende que o futebolista deveria ser suspenso por dois jogos e que no lance da grande penalidade (inexistente) "mostrou uma grande falta de respeito".

As imagens televisivas mostram que o futebolista do Arsenal se deixou cair sem que o guarda-redes do Celtic de Glasgow lhe tivesse tocado, num encontro em que os "gunners" venceram por 3-1, confirmando o apuramento para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.