O FC Porto foi o clube português que mais dinheiro juntou nas competições europeias de futebol de 2012/2013, recebendo 19.763.000 euros pela campanha na Liga dos Campeões, divulgou hoje a UEFA.
Os tricampeões nacionais foram eliminados pelos espanhóis do Málaga nos oitavos de final da “Champions”, mas, mesmo assim, foram, entre os portugueses, os que mais arrecadaram, depois de também definidos os montantes relativos ao “market-pool” (receitas das transmissões televisivas).
O Benfica foi eliminado na fase de grupos da mesma prova, mas foi “transferido” para a Liga Europa, chegando à final da prova, numa caminhada que, no total, valeu aos “encarnados” 19.654.144 euros (13,8 na Liga dos Campeões e 5,7 na Liga Europa), quase menos 109.000 euros que os portistas.
Ainda no “ranking” português, a Académica de Coimbra foi a terceira equipa com mais ganhos, com 2.228.204 euros, apesar de ter feito uma campanha igual à do Martítimo e do Sporting (todos eliminados na fase de grupos, com uma vitória, dois empates e três derrotas), por ter direito a uma fatia ligeiramente superior na distribuição dos direitos televisivos.
Em direitos televisivos, a Académica recebeu528.204 euros, contra os 429.773 do Marítimo e dos 320.204 do Sporting.
No total, Marítimo teve direito a 2.120.204 euros, enquanto o Sporting foi o clube português com menos rendimentos, ligeiramente superiores a dois milhões de euros (2.020.204).
Em tempos de crise, foi canalizado para os clubes portugueses quase 46 milhões de euros (mais um milhão que o valor pago pelo AS Mónaco ao FC Porto pelo colombiano James Rodriguez).
Apesar de se ter sagrado campeão europeu, o Bayern de Munique não foi o clube com mais ganhos esta época. Os bávaros arrecadaram pouco mais de 55 milhões de euros, verba ainda a dez milhões de distância do clube que mais encaizou, a Juventus, que recebeu quase 45 milhões em direitos televisivos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.