O FC Porto está a perder com o RB Leipzig ao intervalo, por 3-2, em jogo da terceira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Depois da aposta em Sérgio Oliveira para a visita ao Mónaco (vitória por 3-0), Sérgio Conceição volta a surpreender ao lançar José Sá no onze inicial dos ‘dragões’ para o duelo desta terça-feira. O habitual suplente de Casillas, contudo, acabou por não ser feliz na sua estreia na liga milionária ao estar ligado ao golo inaugural dos alemães, logo aos 8 minutos: remate de Bruma de fora da área, com o guardião português a não conseguir agarrar o esférico, permitindo a recarga a Orban.

Dez minutos depois, Aboubakar fez o empate na primeira oportunidade do jogo para a equipa portuense: lançamento longo de Miguel Layún, Marcano e Felipe ganham a bola na área, servindo o avançado camaronês, que, ao segundo poste, chega ao golo com um remate à meia volta.

A equipa da casa não baixou os braços e continuou por cima do jogo, com o FC Porto, por sua vez, a mostrar algumas dificuldades em sair para o ataque. Aos 38', Sabitzer descobre Forsberg no corredor central e no limite do fora de jogo, com o extremo, na cara de José Sá, a rematar para o golo. Apenas dois minutos depois, uma perda de bola de Danilo e uma falha na marcação de Marcano levou a que a bola sobrasse para Augustin, que acelerou para ganhar espaço e fazer o 3-1.

Contrariando a corrente de jogo, o FC Porto reduziu, novamente num lance de bola parada: canto de Telles com Herrera a tocar de cabeça para o meio da área e Marcano a desviar com o pé esquerdo para o 3-2, fechando assim uma primeira parte de loucos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.