A Juventus venceu o Real Madrid por 3-1 em jogo a contar para a segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, mas não conseguiu seguir em frente na prova por causa de um golo de Cristiano Ronaldo de grande penalidade já para além dos 90' minutos. A formação de Turim conseguiu anular a desvantagem de três golos da primeira mão, mas no último lance do jogo uma grande penalidade assinalada na área do Real Madrid permitiu a Cristiano Ronaldo marcar no seu 150º jogo na Liga dos Campeões.

Na receção à Juventus, o Estádio Santiago Bernabéu vestiu-se a rigor para mais uma noite europeia depois do triunfo da semana passada do Real Madrid em Turim por 3-0. A vantagem dos 'merengues' alcançada no jogo da primeira mão era confortável, mas a formação comandada por Allegri mostrou desde muito cedo que estava em Madrid para discutir a eliminatória, e logo aos 2' minutos Mandzukic fez o 1-0 de cabeça para a Juventus após uma excelente jogada na direita construída por Douglas Costa e Khedira.

O conjunto italiano apresentou-se personalizado no Estádio Santiago Bernabéu e aos 8' minutos esteve perto de ampliar a vantagem na partida por intermédio de Gonzalo Higuaín, mas uma saída arrojada de Keylor Navas impediu o golo do ex-jogador do Real Madrid.

A perder em casa, a reação do Real Madrid surgiu dos pés de Gareth Bale após uma recuperação de bola de Modric. O médio croata do Real Madrid passou a bola a Cristiano Ronaldo e o internacional português com um excelente passe de calcanhar isolou o extremo galês. Gareth Bale rematou para defesa apertada de Buffon, e na recarga tentou atirar à baliza de calcanhar, mas a bola saiu ao lado.

Aos 15' minutos, o Real Madrid chegou a colocar a bola no fundo da baliza de Buffon, mas o lance construído por Cristiano Ronaldo e finalizado por Isco acabou por ser anulado por posição irregular do espanhol.

Apesar do ligeiro ascendente da equipa do Real Madrid, a Juventus não baixou de intensidade e chegou ao segundo golo da noite por intermédio de Mandzukic. Aos 37' minutos, Khedira abriu na direita para Lichtsteiner, que cruzou ao segundo poste da baliza de Navas onde surgiu Mandzuikic, nas costas de Carvajal, para cabecear para o 2-0.

Antes do intervalo, o Real Madrid ainda viu uma bola de Varane bater na barra com estrondo após um cruzamento no lado esquerdo de Toni Kroos, mas o marcador acabaria por não sofrer alterações no final da primeira parte.

No segundo tempo, o Real Madrid entrou determinado em procurar um golo que lhe desse mais tranquilidade e logo aos 58' minutos Cristiano Ronaldo tentou o remate de primeira à baliza da Juventus, mas Buffon mostrou porque é um dos melhores guarda-redes do mundo e evitou o golo dos 'merengues'.

Aos 61' minutos, a Juventus acabou por empatar a eliminatória ao marcar o terceiro golo no Estádio Santiago Bernabéu por intermédio de Matuidi num lance em que Keylor Navas ficou 'mal na fotografia'. Douglas Costa fez um cruzamento longo para o interior da área do Real Madrid, Navas tentou antecipar-se a Matuidi, mas acabou por deixar escapar a bola por entre os braços e permitir ao jogador da Juventus encostar para o 3-0.

Com meia hora para jogar, o Real Madrid tentou de tudo para colocar-se em vantagem na eliminatória, mas ninguém do plantel de Zidane conseguiu bater Buffon. Isco esteve perto, e Cristiano Ronaldo também, mas o jogo acabou por entrar no tempo de compensação com o resultado em 3-0.

A poucos segundos do apito final, o árbitro assinalou uma grande penalidade a favor do Real Madrid por por um alegado empurrão de Bentaia sobre Lucas Vasquez e nos protestos acabou por expulsar Buffon. O guarda-redes italiano acabou por sair do relvado debaixo de aplausos, e para o seu lugar entrou Szczesny. Cristiano Ronaldo foi chamado à conversão da grande penalidade e não falhou, mantendo a tradição de marcar sempre à Juventus em jogos da Liga dos Campeões.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.