O Maccabi Telavive, treinado pelo português Paulo Sousa, recuperou esta terça-feira de uma desvantagem de 3-0 frente ao Basileia, mas o empate (3-3) foi insuficiente para os israelitas se qualificarem para o “play-off” da Liga dos Campeões.

Depois da derrota na Suíça (1-0), na primeira mão da terceira pré-eliminatória da “Champions”, o Maccabi Telavive viu o Basileia chegar a uma vantagem de 3-0 em pouco mais de meia hora, com golos de Schar (cinco minutos), de grande penalidade, Salah (21) e Díaz (32).

A recuperação da equipa israelita começou aos 34 minutos, com um autogolo de Schar, seguindo-se os tentos de Zahavi (37) e Radi (55).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.