O árbitro italiano Nicola Rizzoli dirige na quarta-feira o jogo entre o Chelsea, de José Mourinho, e o Atlético Madrid, da segunda mão das meias-finais da Liga dos Campeões em futebol.

A nomeação foi hoje anunciada pela UEFA, que no domingo já tinha apontado o árbitro português Pedro Proença para a outra meia-final, a disputar na terça-feira e na qual o campeão europeu Bayern Munique recebe o Real Madrid.

Rizzoli, árbitro internacional desde 2007, já esteve em três jogos europeus dos “colchoneros”, um dos quais a final da Liga Europa de 2009/10, que o Atlético Madrid venceu frente aos ingleses do Fulham (2-1).

Em relação ao Chelsea apenas dirigiu o jogo fora com o Valência (1-1), na fase de grupos da "Champions" da época de 2011/12.

O Chelsea recebe o Atlético Madrid depois de ter empatado sem golos no Estádio Vicente Calderón.

No jogo de terça-feira, no qual estará Pedro Proença, o Real Madrid, de Cristiano Ronaldo, Fábio Coentrão e Pepe, defende uma vantagem de 1-0 alcançada no Santiago Bernabéu.

O lisboeta terá a acompanhá-lo na capital da Baviera os assistentes Bertino Miranda e Tiago Trigo, os árbitros adicionais Duarte Gomes e João Capela e o quarto árbitro Paulo Soares.

Árbitro da final da “Champions” em 2012, Proença vai dirigir o sexto jogo na competição esta temporada, depois de já ter estado numa partida do “play-off”, em duas da fase de grupos, uma dos oitavos de final e no Chelsea-Paris Saint-Germain, dos “quartos”.

Na sua carreira internacional, o árbitro português apenas dirigiu uma vez o Real Madrid, na fase de grupos da Liga dos Campeões em 2010/11, com os “merengues” a receberem e vencerem o AC Milan, por 2-0.

Por seu turno, o Bayern de Munique tem más recordações de Proença, que arbitrou já três encontros dos bávaros, o último dos quais a final da Liga dos Campeões de 2011/12, que perderam no desempate por grandes penalidades com o Chelsea.

Os outros dois encontros disputaram-se em Munique e terminaram sempre com derrotas do Bayern, frente ao Inter de Milão (3-2), em 2010/11, e frente ao Bordéus (2-0), na época anterior.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.