O internacional espanhol Nolito, jogador do Manchester City, considerou Luís Enrique, treinador do FC Barcelona, como “fundamental” na sua carreira de futebolista, em entrevista publicada hoje no jornal britânico The Guardian.

A três dias do jogo que opõe o FC Barcelona ao Manchester City na Liga dos Campeões, o antigo jogador do Benfica abordou a forma como foi orientado pelo atual técnico do campeão espanhol durante a passagem pela equipa B ‘blaugrana’ e, posteriormente, no Celta de Vigo.

“Apareceu num momento da minha carreira em que eu dava um passo em frente e recuava a seguir. Apostou em mim, apoiou-me e fez-me ver o futebol de forma diferente, convencendo-me de que poderia conseguir algo”, realçou.

Nolito, de 30 anos, afirmou que os três anos ao serviço do Celta de Vigo “foram os melhores” da sua vida – marcou 39 golos em 73 jogos - e que Luís Enrique “foi duríssimo” no plano físico, obrigando-o a perder peso, algo “vital” no relançamento da carreira.

“Basicamente, treinava e comia de forma continuada. Com o passar do tempo, apercebes-te que um jogador de elite tem que ser cuidadoso”, reconheceu, em entrevista publicada hoje no jornal britânico ´The Guardian`.

Em relação ao Manchester City, clube inglês pelo qual assinou no início desta temporada, o internacional espanhol congratulou-se por “ter acontecido no momento adequado”, dada a sua “melhor forma física de sempre” e mostrou-se ambicioso.

“Gostaria de ganhar algo antes de terminar a carreira e acredito que aqui posso consegui-lo. Celebrei 30 anos mas, honestamente, sinto-me como se tivesse apenas 20”, salientou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.