Na conferência de imprensa que se seguiu ao triunfo por 1-0 sobre o Penafiel que selou a passagem do Sporting 'Final Four' da Taça da Liga, Rúben Amorim comentou o sorteio dos oitavos de final da Liga dos Campeões e o futuro embate com o Manchester City, admitindo que o favoritismo está, naturalmente, do lado do adversário. Ainda assim, frz questão de lembrar que os 'leões' também não eram favoritos à conquista da I Liga na temporada passada...

"Teria de calhar qualquer um. Obviamente que [o Manchester City] é uma das melhores equipas do mundo, talvez a melhor em ataque posicional, com um dos melhores, senão o melhor treinador do mundo. O que temos de fazer? Temos o nosso campeonato, os treinos, a Taça da Liga, a Taça de Portugal e temos de aproveitar cada minuto e cada segundo para trabalhar e chegar na máxima força a esse momento", começou por dizer.

"Temos pequeninas probabilidades, como tínhamos de ganhar o ano passado o campeonato. Sabemos das diferenças entre um e outro e até lá é mais como vamos estar nesse momento. Estar bem nas outras provas terá mais impacto do que a forma com que vamos enfrentar o City", voltou, depois, a sublinhar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.