Esta quarta-feira, o Benfica entra no Estádio Toumba pela terceira vez na história com um registo positivo e que dá alguma esperança aos 'encarnados' depois de Amr Wada ter saído do banco na primeira mão para arrancar a vantagem ao Benfica.

Os jogos anteriores

As duas equipas já se defrontaram por cinco vezes. O primeiro embate entre PAOK e Benfica remonta a 1999. A contar para a segunda ronda da Taça UEFA, os 'encarnados' rumaram à Grécia para enfrentar o PAOK em casa. Nuno Gomes e Ronaldo Guiaro marcaram os golos dos 'encarnados'. Kostas Fratzeskos apontou o tento da equipa da casa. O Benfica saía assim vitorioso da primeira visita a Salónica.

O segundo encontro das duas equipas aconteceu no mesmo ano, desta vez em Lisboa. O Benfica perdeu 2-1 no tempo regulamentar, mas a partida seguiu para grandes penalidades (4-1) e os encarnados passaram à terceira ronda da competição.

Benfica e PAOK ficaram quinze anos sem se reencontrar. O terceiro jogo aconteceu num passado recente, em 2014, nos dezasseis avos de final da Liga Europa. Na primeira mão, o Benfica viajou até Salónica para vencer por 1-0, com um golo de Lima aos 59 minutos.

Uma semana depois foi a vez do PAOK rumar à Luz, onde perdeu por 3-0. Nico Gaitán, Lima e Markovic foram os autores dos golos 'encarnados'.

O mais recente encontro das duas equipas está ainda bem presente na memória de todos. Teve lugar na semana passada, no Estádio da Luz, e marcou o primeiro empate entre Benfica e PAOK, bem como o primeiro encontro das duas equipas da Liga dos Campeões.

A Liga dos Campeões

Para chegar a este play-off, o PAOK derrotou o Basileia por 5-1 (2-1 e 3-0) na segunda pré-eliminatória e o Spartak Moscovo por 3-2 (3-2 e 0-0). Caso vença o Benfica em casa, o PAOK apura-se pela primeira vez para a fase de grupos da Liga dos Campeões. Mas, se perder, dá aos 'encarnados' a 14º presença na fase de grupos e a nona consecutiva.

Esta é a segunda vez em três anos que a equipa de Salónica tenta a liga milionária. Em 2016/2017, o PAOK jogou a terceira ronda com o Ajax, mas perdeu por 3-2. A história da equipa pode não ser positiva na Liga dos Campeões, mas o PAOK venceu os últimos quatro jogos europeus em casa.

Quanto ao embate com equipas portuguesas, além do Benfica, o PAOK apenas jogou com o Leixões, na Liga Europa em 2002/2003 e venceu por 4-1.

Já o Benfica passou diretamente para a terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, onde encontrou o Fenerbahçe e venceu por 2-1 (1-0 e 1-1).

O empate na Túrquia meteu um ponto final a um conjunto de quatro jogos sem marcar e a perder fora de Portugal. Além disso, nos últimos nove jogos fora de casa, o Benfica apenas venceu um.

No entanto, e caso a partida siga para grandes penalidades, o Benfica parte em vantagem. Nos últimos encontros em que disputou penálties, o Benfica venceu um e perdeu quatro. Já o PAOK perdeu quatro e não venceu nenhum - incluindo com as 'águias' em 1999/2000.

O Benfica na Grécia

Embora o PAOK tenha poucos registos em Portugal, o Benfica conta com várias partidas na Grécia. Em oito jogos, os 'encarnados' ganharam três e perderam cinco:

  • Liga Europa 2014: PAOK 0-1 Benfica
  • Liga dos Campeões 2013: Olympiacos 1-0 Benfica
  • Liga Europa 2009: AEK 1-0 Benfica
  • Taça UEFA 2008: Olympiacos 5-1 Benfica
  • Taça UEFA 1999: PAOK 1-2 Benfica
  • Taça dos Campeões Europeus 1983: Olympiacos 1-0 Benfica
  • Taça UEFA 1979: Aris 3-1 Benfica
  • Taça dos Campeões Europeus 1973: Olympiacos 0-1 Benfica

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.