A equipa de Domingos Paciência discute a qualificação com o Shakhtar e o Arsenal e terá de vencer por quatro golos de diferença em Donetsk, no Donbass Arena, para não depender de eventual (e pouco provável) derrota ou empate do Arsenal, que recebe o Partizan de Belgrado, no último lugar sem qualquer ponto.

O Shakhtar lidera o grupo, com 12 pontos, enquanto os londrinos seguem na segunda posição, com nove, tantos quantos o vice-campeão luso, que participa pela primeira vez na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Um triunfo com aquela expressão permitiria aos portugueses desforrar-se da derrota por 3-0 infligida pelo Shakhtar em Braga, na segunda jornada.

Se não conseguir evitar que os ucranianos somem a quinta vitória, o Sporting de Braga terá de se contentar com o terceiro lugar no agrupamento, que já está garantido e lhe dá acesso aos 16 avos-de-final da Liga Europa.

Mas uma igualdade na Ucrânia possibilitará aos bracarenses o segundo lugar se o Arsenal perder no Emirates Stadium com o Partizan de Belgrado.

Ao Shakhtar, que não perde em casa há dois anos, basta pontuar para vencer o Grupo H, independentemente do desfecho em Londres, no jogo do Arsenal com o Partizan de Belgrado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.