Jorge Jesus realçou esta segunda-feira, na conferência de imprensa de antevisão do encontro com o Borussia Dortmund, a necessidade de o Sporting recuperar o "prestígio fora de portas" em competições como a Liga dos Campeões.

"A ideia é essa, é uma recuperação em termos de identidade, de 'ranking' da Europa. Neste momento o Sporting é 33º. Se queremos andar juntamente com os melhores temos de começar a ter uma valorização nestas competições, seja contra equipas alemãs, espanholas...temos de ter poder para ombrear com elas e começar a mostrar todo o nosso valor na Champions, que é onde queremos estar. O Sporting quer recuperar o seu prestígio fora de portas, porque há muitos anos que não chega às decisões. Isso passa já por este jogo com o Dortmund. As equipas alemãs sao equipas fortes, não é facil disputar os jogos da Champions com equipas alemãs, porque são equipas com um andamento muito forte. O Sporting amanhã tem de estar
preparado para isso", anteviu o técnico leonino.

O treinador realçou que o objetivo é vencer o Dortmund, mas admitiu que um empate até poderá não ser um mau resultado.

"Quando estás numa 'Champions' o mais importante é ganhar, mas não perder também é importante, seja em casa ou fora. Isto é um torneio de quatro equipas e é muito importante não perder. Eu responderei com mais certeza a isso depois do jogo acabar, em função do que tiver acontecido. Vamos jogar com uma equipa que respeitamos muito, mas estamos confiantes, como em Madrid. É um resultado imprevisível, em função de duas boas equipas. São equipas com uma ideia de jogo parecida. A maior parte dos adeptos vai ao estádio para ver o Sporting e espero que o Sporting seja melhor do que o Borussia Dortmund".

Jesus falou ainda sobre o facto de Thomas Tuchel, treinador do Dortmund, ter elogiado a exibição dos 'leões' diante do Real Madrid.

"Quando jogas contra os melhores, tem que se valorizar o Sporting em função daquilo que fez. Foi um jogo em que perdemos uma boa oportunidade de pontuar. O que importa é amanhã. Vamos jogar contra uma equipa muito forte e portanto as nossas dificuldades vão ser exatamente as mesmas. Queremos demonstrar no terceiro jogo aquilo que fizemos no primeiro jogo. Se o adversário tem mais ou menos capacidade do que o Real Madrid, isso não é muito importante neste momento. Para estarmos numa 'Champions' temos de estar ao nível a que estivemos nos primeiros dois jogos, em Madrid e contra o Légia", realçou.

O Sporting recebe o Borussia Dortmund na terça-feira, a partir das 19h45, em partida da terceira jornada da Liga dos Campeões.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.