Após o empate sofrido e emotivo do Sporting diante o Tottenham (1-1), foi a vez de dar a voz a alguns dos principais protagonistas.

Rúben Amorim marcou presença na flash interview da Eleven Sports. O técnico dos Leões realçou a justiça do resultado e referiu-se aos seus jogadores como "heróis".

O jogo: "Foi um ponto importante, merecíamos. Na segunda parte, o Tottenham empurrou-nos para trás. A nossa equipa está bastante cansada. Foram uns heróis. Tivemos miúdos a entrar. Na primeira parte, fomos superiores, entendemos melhor o jogo. Na segunda parte, o Tottenham carregou, mas também tivemos três ocasiões para marcar."

Jogo cansativo: "O que me cansa mais é ter dificuldade em preparar o Arouca e pensar mais à frente. Temos de ganhar ao Arouca, e isso dá-me muito cansaço. Juntando as emoções, torna tudo mais difícil. Estamos vivos nesta competição e isso é muito importante para nós. Mantivemos a nossa identidade durante muitos momentos. Quando perdemos a capacidade de ter bola, sofremos muito. O Tottenham é uma grande equipa e quero realçar o apoio dos nossos adeptos."

Estado do grupo: "Demos dois jogos de borla e isso custa um pouco, bastava um ponto a mais. Estamos vivos, e, mesmo em grandes dificuldades, conseguimos fazer coisas boas."

Exibição de Adán: "Os jogadores têm os seus momentos, vivem dias difíceis, mas o Adán nunca nos falhou. Foi um jogo normal dele."

Pedro Porro também analisou o encontro na zona de entrevistas rápidas. O lateral-direito espanhol não escondeu as emoções dos últimos minutos.

Final de jogo: Faz parte do jogo. Na primeira parte, tivemos mais bola. No segundo tempo, tivemos de sofrer mais. Temos de continuar e pensar no próximo encontro.

Estratégia para o jogo: Não é fácil. Sabíamos que íamos sofrer. Tínhamos de cumprir as tarefas que o treinador deu. Não foi fácil.

Momento final com o golo anulado: Não pensei em nada, só queria que apitasse falta. Agora, é descansar e recuperar bem. Foi um jogo difícil.

Último jogo com tudo por decidirt: É um ponto e está tudo em aberto. Agora, temos de jogar uma final. No ano passado, foi com o Borussia Dortmund.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.