Os eslovacos do Slovan Bratislava foram multados em quase 80 mil euros devido ao comportamento dos adeptos, incluindo cânticos racistas, no duelo com os húngaros do Ferencvaros, nas eliminatórias da Liga dos Campeões de futebol, anunciou hoje a UEFA.

Além das multas, o Comité Disciplinar do organismo que rege o futebol europeu ordenou o encerramento parcial do estádio do Slovan Bratislava por um jogo, com a obrigação da colocação de um cartaz com a frase ‘SayNoToRacism’ (diz não ao racismo).

Em causa está o comportamento dos adeptos eslovacos no encontro da primeira mão da segunda pré-eliminatória da Liga dos Campeões, em Budapeste, em que o Slovan bateu o Ferencvaros, por 2-1.

Na segunda mão, na Eslováquia, os húngaros golearam por 4-1 e seguiram em frente na prova.

A UEFA puniu o Slovan com uma multa de 40 mil euros por cânticos racistas dos seus adeptos, outra de 25 mil euros pelo arremesso de objetos para o relvado e uma terceira de 13 mil euros pelo uso de artefactos pirotécnicos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.