Zinedine Zidane e Thomas Tuchel, treinadores de Real Madrid e Chelsea, respetivamente, analisaram a primeira mão das meias-finais da Champions, que resultou num empate (1-1).

O timoneiro francês reconheceu que a primeira parte foi "complicada", mas que o Real Madrid acabou por ser melhor no segundo tempo.

"A primeira parte foi complicada mas estivemos melhor na segunda. O Chelsea de uma forma forte e a jogar muito rápida. Creio que o resultado é justo. No nosso plano para o jogo, queríamos pressionar um a um, mas quando não sai bem e é difícil. Até ao golo estivemos melhor e no segundo tempo tivemos o controlo do jogo. Estamos vivos e vamos para a segunda mão contentes com o que fizemos no geral. Agora é descansar", afirmou em declarações no final da partida, onde aproveitou para tecer elogios ao adversário. "Somos bons em casa dos rivais, mas o Chelsea não é uma equipa qualquer, em 20 jogos passou 16 não sofreu golos."

Já Thomas Tuchel considerou que o Chelsea merecia mais do que o empate.

"Começámos muito, muito bem, com muita coragem e qualidade. Merecíamos ir para o intervalo a vencer, tivemos várias ocasiões de golo. Infelizmente, eles marcaram num lance de bola parada e não tiveram mais oportunidades. Na segunda parte, tínhamos de manter a calma (...). Acabou por ser muito tática, os jogadores estavam um pouco cansados. Temos de viver com o 1-1. Podíamos ter marcado mais golos", analisou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.