O Sporting ficou a conhecer ao finalda manhã as equipas que vai ter de dfrontar na fase de grupos da Liga Europa e Paulo Sérgio mostrou-se cauteloso.

“É um grupo que vai apresentar as suas dificuldades. Aquilo que faremos é inteirarmo-nos daquela que é a realidade de cada um desses clubes e estarmos o mais bem preparados possível nas datas em que vamos ter os embates com eles.”

Ainda assim, o técnico dos leões realçou que confia na equipa e no trabalho que está a ser desenvolvido.

“Estamos confiantes, acreditamos que estamos a dar passos firmes, mas também com a consciência de que ainda muito está por fazer. É com este realismo que vamos encarar esta prova.”

Sobre a vitória e reviravolta histórica frente ao Brondby, Paulo Sérgio mostrou-se satisfeito mas lembrou que não é um resultado que muda completamente as coisas.

“As vitórias dão sempre confiança e não podemos perder nunca a nossa identidade ou as nossas convicções em função de uma vitória ou de uma derrota.

Temos de saber aquilo que queremos e acreditar naquilo que fazemos. Com muito trabalho acredito que se podem atingir objectivos elevados.”

Aproxima-se o fecho do mercado e o treinador leonino admitiu que o Sporting não tem as condições dos rivais para negociar, mas mostrou-se conformado se não chegar mais nenhum reforço a Alvalade.

“Se não houver evolução no mercado é com estes que vamos até à morte.”

Quanto a promessas, reafirmou o que já tinha dito na sua apresentação:

“O meu compromisso é exigir o máximo de profissionalismo e que, jogando bem ou jogando mal, cada um deixe tudo em campo.”

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.