O futebolista internacional colombiano Radamel Falcao, do FC Porto, foi o único jogador que, nos 686 jogos europeus já disputados, conseguiu um “póquer” (quatro golos) na actual época, na goleada de quinta-feira ao Villarreal (5-1).

Nos muitos jogos e goleadas que a temporada europeia já ofereceu, tanto na Liga dos Campeões (210), como na Liga Europa (476), Falcao é o melhor marcador da segunda competição da UEFA, com 15 golos.

O avançado colombiano aumentou a sua marca pessoal com os quatro golos assinados na primeira mão das meias-finais frente ao Villarreal, depois de já ter obtido dois “hat-tricks”, na deslocação ao terreno do Rapid Viena, na fase de grupos (1-3), e na receção ao Spartak Moscovo, nos quartos de final (5-1).

Falcao contabiliza agora 15 golos na Liga Europa, igualando a marca obtida pelo alemão Juergen Klinsmann em 1995/96, quando o Bayern Munique venceu a Taça UEFA e terminou a prova com 32 golos marcados.

Muito dificilmente o colombiano, que chegou ao FC Porto na época de 2009/10 proveniente dos argentinos do River Plate, deixará fugir o troféu de melhor marcador da Liga Europa, uma vez que tem mais cinco golos do que o italiano Rossi (10), do Villarreal, e há a forte possibilidade de os "dragões" ganharem aos espanhóis a luta por um lugar na final.

Os golos de Falcao superam também os do melhor marcador da Liga dos Campeões, o argentino Lionel Messi, vencedor do troféu da Bola de Ouro, que já leva 11 golos marcados na “Champions” pelo FC Barcelona, os últimos dois no terreno do Real Madrid, na primeira mão das meias-finais.

Excluindo os 210 jogos das pré-eliminatórias da Liga Europa e os 64 da fase de acesso à Liga dos Campeões, esta época foram contabilizados 17 “hat-tricks” nas duas competições de clubes da UEFA, três dos quais do avançado colombiano dos “dragões”, que transformou o último deles num “póquer”.

Nenhum dos outros 13 jogadores que assinaram três golos num jogo das provas europeias de clubes, entre os quais os brasileiros Hulk, na recepção do FC Porto aos belgas do Genk (4-2) dos “play-offs” da Liga Europa, conseguiu repetir o feito, e Lima, na segunda mão dos "play-offs" da "Champions" em Sevilha (4-3).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.