O FC Porto defronta, esta quinta-feira, o Villarreal na segunda mão das meias-finais da Liga Europa, levando para o “El Madrigal” um resultado avultado (5-1) obtido na primeira mão no Estádio do Dragão.

No entanto, Villas-Boas já disse que está em alerta para as “remontadas espanholas”.

Com uma vantagem gorda e a um passo da final da Liga Europa em Dublin, o técnico portista sabe que a colocação de João Moutinho no onze inicial poderá ser um risco, uma vez que o médio internacional já viu dois cartões amarelos na prova e se vir mais um não marcará presença na capital irlandesa.

André Villas-Boas, e os jogadores, já provaram que sabem jogar sem o criativo português. Para isso basta recordar o último encontro dos Dragões para a I Liga, na 28.ª jornada da I Liga, onde golearam o Vitória de Setúbal por 4-0, sem Moutinho (ficou de fora por acumulação de amarelos) e com vários suplentes.

Com Belluschi lesionado, o meio-campo portista no desafio com os sadinos ficou entregue a Rúben Micael, Fernando e Souza.

Nos restantes sectores não haverá muitas dúvidas e, já que André Villas-Boas disse que está em Espanha para vencer, deverá apresentar um “onze forte”.

Onze provável do FC Porto
Guarda-Redes: Helton
Defesas: Sapunaru, Otamendi, Rolando e Alvaro Pereira;
Médios: Rúben Micael, Fernando e Guarín,
Avançados: Rodríguez, Falcao e Hulk.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.