Num duplo confronto luso-búlgaro sem nada em jogo, a formação portista recebe o “lanterna vermelha” CSKA Sófia, que derrotou fora por 1-0, no Grupo L, enquanto os “leões” viajam à gelada capital búlgara para defrontar o também último Levski, goleado por 5-0 em Alvalade, no Grupo C.

O “onze” de André Villas-Boas, que cedeu os únicos pontos no grupo em casa (1-1 com o Besiktas), tem como objectivo manter a invencibilidade em 2010/2011, já cifrada em 24 jogos (21 vitórias e três empates).

Contando com os triunfos nos derradeiros 10 encontros da época passada, com Jesualdo Ferreira, são já 34 os jogos consecutivos do FC Porto a “pontuar”, série que começou após o desaire por 3-0 com o Benfica, na última final da Taça da Liga, no longínquo dia 21 de Março de 2010.

Em alta, os “azuis e brancos” não deverão ter problemas em somar mais um triunfo, o mesmo não se podendo dizer em relação ao compromisso do Sporting, equipa da qual nunca se sabe o que esperar.

Os “leões” têm feito um trajecto quase exemplar na Liga Europa (quatro vitórias e um desaire por 3-1 no reduto do Gent), mas chegam a Sófia “tocados”, agora devido à eliminação prematura da Taça de Portugal (2-1 em Setúbal).

Aconteça o que acontecer nos dois jogos das equipas lusas, já é certo que ambas vão vencer os respectivos grupos, tendo, desta forma, assegurado o estatuto de cabeças de série nos 16 avos de final, tal como o Sporting de Braga, e ao contrário do Benfica, as duas equipas lusas que “resvalaram” da “Champions”.

Desta forma, FC Porto e Sporting ficam na expectativa de conhecer os últimos adversários, numa sexta e última jornada da fase de grupos em que estão ainda em jogo seis vagas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.