Jorge Jesus considera que os pormenores fizeram a diferença na noite do Sporting no Wanda Metropolitano frente ao Atlético de Madrid (2-0), em partida da primeira dos quartos de final da Liga Europa.

Questionado pelo SAPO Desporto sobre se a ineficácia ofensiva 'borrou a pintura' numa exibição bem conseguida do Sporting, o técnico dos leões concorda e considera que os leões fizeram uma exibição de qualidade, mas foi o Atlético a equipa capaz de fazer a diferença no erro.

"Hoje saímos muito frustrados. A forma como perdemos...Se havia alguém que não merecia a derrota eram os nossos adeptos que foram a Madrid a acreditar nas nossas capacidades e não fomos capazes de lhes dar essa satisfação com duas situações individuais. Mais uma vez, o Sporting em Espanha, com Atlético, Real Madrid e Barcelona fez três jogos de muita qualidade, falhando nalguns pormenores individuais. Esta equipa do Atlético sabe jogar no erro do adversário. O Atlético também errou, quando nos deixou criar oportunidades. Mas quando nós erramos, o Atlético fez a diferença no nosso erro. A diferença teve nesse pormenor que nos pode custar caro, mas acreditamos que temos uma palavra a dizer no segundo jogo em Lisboa", comentou em conferência de imprensa.

Jesus disse ainda que foi o segundo golo do Atlético que condicionou a estratégia do Sporting, e que a oportunidade de Fredy Montero poderia ter aberto de outra forma a eliminatória.

"O facto de termos levado o golo aos 23 segundos não condicionou o nosso jogo, mas sim o segundo. Os nossos avançados podiam ter ajudado nesses erros defensivos. Aos 90 minutos, o Fredy Montero se faz o golo tínhamos entrado nesta eliminatória com possibilidades muito mais fortes que neste momento temos", afiançou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.