Marcel Keizer somou a quinta vitória consecutiva no comando técnico do Sporting e no final do jogo com os ucranianos do Vorskla Poltava destacou o bom rendimento dos jogadores jovens da Academia de Alcochete.

"A primeira parte foi muito boa. Fiquei feliz com o jogo. A partir dos 25 minutos deveríamos ter circulado mais a bola, mas estávamos cansados com toda aquela pressão. Marcámos dois golos, criámos oportunidades e fizemos o que todos os adeptos gostam quando estão a ver futebol. Fiquei feliz por isso. Na segunda parte fiquei satisfeito pelos miúdos. Podíamos ter feito mais golos e não o fizemos. Mas para a Academia foi muito bom, pois acabámos com cinco ou seis jogadores de lá. Foi bom de se ver", começou por dizer Marcel Keizer em declarações à SIC.

Questionado sobre o golo de Miguel Luís e a estreia do jovem jogador do Sporting, Marcel Keizer assumiu que foi importante para o crescimento do atleta.

"Feliz por ele e por toda a equipa. Foi uma atuação coletiva. É óbvio que todos querem marcar. Na posição dele não é normal marcar-se... Pode ser muito importante. Mas não fiquei só satisfeito pelo golo, mas também pela sua exibição", disse Marcel Keizer.

Em relação à titularidade da baliza do Sporting do próximo jogo, Keizer não confirmou quem irá jogar no domingo, se Renan ou Salin: "Temos de ver no domingo. Usámos este jogo para que todos fiquem no ritmo, para que os tenhámos disponíveis quando necessitarmos"

Já a lesão de Montero foi abordada por Marcel Keizer como a única incidência menos positiva da noite.

"Foi a única coisa menos boa da noite. A minha esperança é que seja tornozelo, mas não sabemos o que será", atirou Marcel Keizer.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.