Ao receber, na casa emprestada do rival Nacional, os irlandeses do Sporting Fingal, o Marítimo dá início à sua participação na primeira mão da segunda pré-eliminatória da Liga Europa.

Apesar de os objectivos da época estarem centrados nas competições internas, a equipa orientada pelo holandês Mitchell Van der Gaag ambiciona chegar à fase de grupos, daí a imperiosa necessidade de conseguir um resultado que permita a segunda mão, em Dublin, com alguma tranquilidade.

“Somos favoritos, mas não estamos à espera de facilidades. O Sporting Fingal joga um futebol pouco de acordo com aquele que se joga em países como a Irlanda ou a Escócia. Eles jogam um futebol elaborado e bonito de se ver”, afirmou Van der Gaag, prevendo que a equipa sentirá algumas dificuldades frente a um conjunto que já disputou esta época 20 jornadas no seu campeonato.

Por seu turno, o técnico dos irlandeses não coloca o Marítimo ao nível de um "Golias".

“Não creio que o jogo com o Marítimo seja um duelo entre David e Golias. Nós temos a nossa equipa, jogamos o nosso futebol e vamos tentar fazer o melhor resultado, apesar de considerarmos que o Marítimo tem uma equipa composta por vários jogadores brasileiros e bons portugueses”, disse Liam Buckley, técnico do Sporting Fingal.

O Marítimo recebe hoje, no Estádio da Madeira, pelas 19:45, os irlandeses do Sporting Fingal, em partida que será dirigida pelo árbitro luxemburguês Luc Wilmes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.