Rodrigo foi um dos jogadores que falou esta tarde à comunicação social no 'open day' da UEFA para a final da Liga Europa, mas a decisão do campeonato no jogo do próximo sábado, com o FC Porto, foi o tema dominante das conversas. 

«O pensamento agora é no jogo com o FC Porto. Sabiamos que ia ser difícil, mas ninguém dá nada a ninguém no futebol», afirmou o jovem avançado, que assumiu a existência de algum cansaço no final do empate com o Estoril: «Mais do que desiludidos, exaustos.Infelizmente, a expulsão [de Carlos Martins] obrigou-nos a correr mais. Não era o resultado que queríamos, mas dependemos só de nós.»

Para o internacional sub-20 espanhol, o Benfica entra tranquilo para uma «uma fase decisiva da época». «Estamos confiantes, perto dos nossos objetivos. O empate não é motivo de desilusão ou desconfiança, estamos com muita vontade de concretizar essa época de sonho», sublinhou.

Rodrigo "absolveu" ainda Carlos Martins pela expulsão diante do Estoril e recusou considerá-lo como "réu" pelo empate. «A expulsão faz parte, não foi a causa do nosso empate. Somos uma equipa. Mas temos de ter uma força mental e disciplina dentro de campo para evitar isso», concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.