Em conferência de imprensa de antevisão do embate com o Spartak de Moscovo, na primeira mão dos quartos-de-final da Liga Europa, agendado para esta quinta-feira às 20h05, no Estádio do Dragão, Radamel Falcao alertou para a importância de «trocar o chip» dos festejos da conquista do título de campeão nacional e «focar na meta», ou seja, a grande final em Dublin.

A ligação do colombiano ao FC Porto termina em Junho de 2012 mas Falcao, além de confessar que não quer sair do clube azul e branco, surpreendeu o treinador André Villas-Boas, que estava sentado ao lado dele, ao dizer que aceitaria uma proposta de renovação.

«Tenho contrato por mais duas épocas neste clube, que é onde estou bem. Estou agradecido por tudo o que o FC Porto me deu e quero terminar  este ano com sucesso. A não ser que a direcção do FC Porto pense de outra forma, quero continuar no FC Porto e estou até receptível a uma proposta de renovação», explicou.

Falcao não quis arriscar um resultado para amanhã, uma vez que conseguiu adivinhar o adversário dos Dragões para os quartos-de-final da Liga Europa através do seu Twitter, dizendo apenas que «o futebol é imprevisível».

«O Spartak é uma equipa que ganhou quatro jogos como visitante. Gosta de ter posse de bola como nós mas já estamos precavidos para os factores de perigo», analisou o avançado colombiano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.