O Sporting venceu esta quinta-feira no reduto dos noruegueses do Rosenborg, por 2-0, em jogo a contar para a quarta jornada do grupo D da Liga Europa. Coates e Bruno Fernandes fizeram os golos dos leões.

O Sporting entrou no jogo de forma agressiva e com vontade de desequilibrar os noruegueses do Rosenborg. Além disso, os leões apresentavam uma linha defensiva que transmitia confiança a Silas, com três centrais, que tornavam difícil a passagem dos homens da frente do Rosenborg.

Aos 16 minutos, o Sporting inaugurou o marcador por Coates. Na sequência de um canto para a equipa portuguesa, Luís Neto insistiu até conseguir fazer o cruzamento e o central leonino apareceu ao segundo poste e de cabeça fuzilou Hansen.

Dez minutos depois, uma falta desnecessária de Luís Neto fez o Sporting tremer. Depois de uma entrada dura do defesa português, o árbitro assinalou livre direto a favor dos noruegueses. Soderlund atirou diretamente à baliza leonina, a bola sofreu um desvio e bateu na frente de Renan Ribeiro, mas este respondeu com uma defesa apertada.

Depois desta primeira ameaça, o Rosenborg começou a crescer no jogo, mas acabou por ser o Sporting a mexer novamente no marcador, desta vez por Bruno Fernandes. Doumbia aproveitou um erro defensivo e recuperou uma bola a meio campo, meteu no capitão leonino que, já na área, tirou o adversário da frente e atirou para o 2-0.

O resultado manteve-se e os leões foram para o intervalo a vencer com os golos de Coates e Bruno Fernandes. Os leões foram claramente superiores na primeira parte do encontro, embora não tenham feito uma exibição extraordinária.

A segunda parte começou com um ritmo de jogo lento, que foi crescendo à medida que os minutos iam passando. O Rosenborg cresceu bastante e foi ameaçando cada vez mais a baliza do Sporting. Os leões tinham nessa altura dificuldade de sair a jogar e o encontro disputava-se maioritariamente no meio-campo dos 'verdes e brancos'.

Aos 55 minutos de jogo, Hedenstad cruzou para a pequena área do Sporting, Ilori cortou a bola e o guarda-redes leonino segurou, mas o autogolo esteve perto de acontecer.

Depois do intervalo, o Sporting perdeu o domínio que mostrou na primeira parte e nem a posse de bola conseguiu manter. O Rosenborg tinha já 70% da posse de bola e explorava as fraquezas dos leões com alguma facilidade.

O Sporting ia permitindo que os noruegueses se movimentassem à vontade e as oportunidades de golo iam aparecendo. Depois de um lance confuso na área da equipa portuguesa, Adegbenro tentou o cabeceamento, mas Renan salvou em cima da linha de golo.

Aos 86 minutos, o Rosenborg voltou a ameaçar a baliza do Sporting, e de que maneira. Borja ficou mal na fotografia ao receber a bola de cara, que viria a sobrar para Lundemo. O médio do Rosenborg fez um remate forte e colocado, Renan respondeu com uma grande defesa, mas a bola ainda foi ao poste. Asen tentou a recarga, mas o guarda-redes brasileiro voltou a aplicar-se e a manter a sua baliza intransponível.

Com este resultado, o Sporting passou para o primeiro lugar do grupo D da Liga Europa, graças à vitória do LASK Linz sobre o PSV Eidhoven. Os leões somam agora nove pontos, os austríacos têm sete, os holandeses seis, enquanto os noruegueses ainda não pontuaram.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.