Sporting de Braga procura ganhar avanço na ‘luta’ pela presença na fase de grupos da Liga Europa, na visita ao Brondby, na quinta-feira, para a terceira pré-eliminatória. Esta tarde, Sá Pinto fez a antevisão daquele que será o primeiro jogo oficial da equipa esta época.

Prova de fogo

"Gostávamos de ter mais jogos, tantos quantos tem o adversário, já tem oito, mas infelizmente não temos, algo que seria importante para a nossa equipa. Porém, também acho que não vai ser decisivo."

Um bom resultado

"Um resultado que nos permita decidir a eliminatória a nosso favor em casa."

O duelo físico

"Estamos preparados para tudo. O adversário tem mais oito jogos do que nós, tem um ritmo diferente, teremos que ser inteligentes, estrategas e também confiantes. Sabemos exatamente o que queremos, onde estamos a jogar e o valor do adversário."

O adversário

"É uma equipa que se galvaniza em casa, tem um apoio fantástico do público, torna-se no 12º jogador, foi isso que senti no jogo contra o Lechia Gdansk, a equipa motiva-se e sabemos que os jogadores estão a contar com esse apoio. Também estamos preparados para esse ambiente. O Brondby é uma equipa que ofensivamente tem jogadores de qualidade. Os alas são rápidos, o Tibbling, o Lindstrom, o Hedlund, são jogadores muito rápidos, criativos e muito móveis. O Wilczek, que por acaso foi um jogador que observei na época passada para o Legia, um avançado que finaliza muito bem, não precisa de muitas oportunidades nem muito espaço, por vezes até desaparece do jogo, mas é preciso ter muito cuidado. O Kaiser é um médio muito forte nas bolas paradas, os dois centrais nas bolas paradas são muito fortes. Os laterais são bem ofensivos, projetam-se bem. Portanto, é uma equipa que conhecemos bem e com uma ideia de jogo que apresenta a intenção de jogar um futebol apoiado e de qualidade e portanto também gosta de jogar um futebol de posse. Nós também a nossa ideia de jogo, temos a nossa estratégia e espero que possamos aplicá-la."

Chegar à fase de grupos

"É um desejo. E tudo iremos fazer para concretizá-lo."

A pré-época

"Vamos falar dos jogos oficiais. Houve muitas coisas que foram diferentes, outras que estavam a ser testadas e portanto acho que temos tempo para falar sobre isso. Nesta altura o mais importante é conseguirmos um resultado positivo, se possível com golos, mas não é um facto que me preocupe de momento, porque sei que as coisas vão aparecer. O nível que jogámos foi elevado e eu prefiro que a nossa equipa seja testada com adversários como o FC Porto, Mónaco ou Lille, de forma a pôr-nos à prova para encararmos este difícil inicio de temporada. Vamos ter jogos consecutivos e precisamos de estar a um bom nível."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.