O treinador do Belenenses afirmou esta quarta-feira que a partida com a Fiorentina, da última jornada do grupo I da Liga Europa de futebol, será uma "final" e frisou que os ‘azuis’ acreditam que podem passar à próxima fase.

Ricardo Sá Pinto, que fazia a antevisão do encontro de quinta-feira, em Florença, considera que o confronto será decisivo para as duas formações, que, à entrada para a última ronda, estão separadas por dois pontos, embora com vantagem para os italianos, que somam sete, contra cinco dos lisboetas.

"É uma final, para eles e para nós. Fizemos um percurso histórico e é de louvar esta nossa primeira participação. Chegar ao último jogo e termos possibilidade de apuramento, é fantástico", disse Ricardo Sá Pinto, em conferência de imprensa.

O técnico atribuiu "mérito aos jogadores, que acreditaram sempre que era possível chegar à próxima fase" e, apesar dos elogios à Fiorentina, orientada pelo português Paulo Sousa, lembrou que o Belenenses ainda não sofreu qualquer derrota fora na prova.

"Os jogadores acreditam e temos algo a nosso favor. A par do Basileia [líder do grupo e já apurado], ainda não perdemos fora de casa. É mais um dado histórico. Sinto os jogadores ambiciosos e a acreditarem que podem passar à fase seguinte", salientou.

Por outro lado, Sá Pinto voltou a referir que o conjunto de Belém "não tem obrigação nenhuma" de seguir em frente na competição, o que não invalida que não possa "continuar a sonhar" com o apuramento.

Para a visita a Itália, os ‘azuis’ não vão contar contar Tonel, Dálcio, Betinho e Traquina, todos de fora por opção técnica, nem com os lesionados Miguel Rosa e Palmeira.

Belenenses e Fiorentina jogam na quinta-feira, a partir das 20:05 (hora portuguesa), no Estádio Artemio Franchi, em Florença, num jogo que será dirigido pelo russo Vladislav Bezborodov.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.