Sá Pinto espera que o Belenenses possa continuar a fazer história na Liga Europa e que oferecer um triunfo aos seus adeptos no jogo de quinta-feira. Ainda assim, o técnico considera que o Lech Poznan é favorito.

O poderio do Lech Poznan

“Jogo de dificuldade elevada. Fizemos um grande jogo na Polónia, mas vai ser um jogo diferente. A equipa padrão do Lech é composta por muitos jogadores internacionais, mudou a estrutura táctica, o treinador, vai ser um jogo completamente diferente. Vamos encontrar uma equipa motivada que precisa de ganhar para alimentar o sonho da passagem à fase seguinte. Desde que o treinador novo chegou melhoraram logo nos resultados. É uma equipa com uma dinâmica ofensiva muito boa, que coloca muita gente no processo ofensivo".

O favoritismo é dos polacos

“Pela sua história, eles têm vantagem pela experiência colectiva e também a nível individual. Esta mudança de treinador trouxe-lhes mais confiança, vamos defrontar com certeza um adversário mais poderoso. Prevejo um jogo difícil mas da nossa parte tudo vamos fazer para lutar pelos três pontos”.

Como contrariar o adversário?

“Somos um adversário menos cotado. Perante os argumentos que eles têm é normal que eles tenham mais obrigação de ser favoritos. Não nos assusta a força do adversário e temos a esperança de os poder derrotar. O respeito pelo adversário é enorme, mas isso não nos intimida ou diminuí. Acreditamos uma vez mais que é possível o Belenenses ganhar mais um jogo nesta fase de grupos”.

Motivação para vencer em casa e fazer história

“Existe a vontade, quer se goste quer não, estes jogadores estão de parabéns pelo que fizeram nesta competição. Gostaríamos que continuar a fazer história. Queríamos oferecer uma vitória aos nossos adeptos. Sabemos que é mais um feito e queremos alcançá-lo. Era algo que nos satisfazia e orgulhava ganhar em casa na fase de grupos”. Esperemos que haja verdade no jogo para ambas as equipas, se estivermos inspirados e confiantes podemos explorar as situações, de forma a conseguir um resultado positivo.

Rotatividade na equipa?

“Todos os jogadores do plantel podem ser opções. Se calhar somos a equipa que temos mais jogos na primeira Liga. Infelizmente não temos podido contar com todos os jogadores. Já temos algum jogadores recuperados também, quando estamos todos, somos mais fortes e estamos mais perto de conseguir resultados positivos. Estes pequenos casos estão a ser ultrapassados".

Lech Poznan e Belenenses ocupam o último lugar da classificação do grupo I, com quatro pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.