O Sporting, ferido por nova derrota frente ao FC Porto, começa na quinta-feira a discutir com o Midtjylland o acesso aos oitavos de final da Liga Europa de futebol, num play-off que oferece o entusiasmante FC Barcelona-Manchester United.

A equipa lisboeta vai lutar pelo único troféu que pode alcançar na época 2022/23, ao receber o vice-campeão dinamarquês na primeira mão da eliminatória, quatro dias após ter perdido em casa com o FC Porto para a I Liga, por 2-1, o que tornou (ainda mais) uma miragem a conquista do título português.

O desaire frente aos ‘dragões’, que já tinham batido os ‘leões’ duas semanas antes, na final da Taça da Liga (2-0), constituiu um rude golpe para o Sporting, quarto classificado no campeonato, a oito pontos do Sporting de Braga, terceiro, o último lugar de acesso à Liga dos Campeões da próxima temporada.

O Midtjylland também se apresenta a um nível muito inferior ao da época passada, em que lutou pelo título até à última jornada, ocupando a sétima posição na Liga dinamarquesa e tendo já sido ‘despachado’ pelo Benfica na terceira pré-eliminatória da ‘Champions’, com derrotas por 4-1, em Lisboa, e 3-1, em Randers.

A equipa dinamarquesa foi relegada pelos ‘encarnados’ para a Liga Europa, na qual até teve uma participação meritória no Grupo F, terminando à frente da Lazio e do Sturm Graz e apenas atrás do Feyenoord, numa ‘poule’ em que todos terminaram com o mesmo número de pontos.

O Sporting poderia estar a fazer companhia aos rivais Benfica e FC Porto nos ‘oitavos’ da Liga dos Campeões, mas somou apenas um ponto nos derradeiros quatro jogos no Grupo D e acabou no terceiro posto, atrás de Tottenham e Eintracht Frankfurt (detentor da Liga Europa) e apenas à frente do Marselha.

Despromovida para a segunda prova continental de clubes, a formação treinada por Rúben Amorim, que tem o médio japonês Morita em dúvida, tenta reeditar o sucesso do único confronto anterior com o Midtjylland, na primeira ronda da Taça UEFA de 2001/02, em que venceu por 3-0, fora, e 3-2, em casa.

A partida de maior cartaz do play-off, contudo, opõe FC Barcelona, atirado ‘borda fora’ da Liga dos Campeões por Bayern Munique e Inter de Milão, a Manchester United, que se sujeitou a defrontar uma equipa proveniente da ‘Champions’ ao terminar no segundo lugar do Grupo E da Liga Europa, atrás da Real Sociedad.

O embate entre o atual líder destacado da Liga espanhola e o terceiro classificado da Liga inglesa, no qual alinham os internacionais portugueses Diogo Dalot e Bruno Fernandes, já foi, num passado não muito distante, final de ‘Champions’, com o ‘Barça’ a sagrar-se campeão europeu em 2009 (2-0) e 2011 (3-1).

O ‘modesto’ play-off de acesso aos oitavos de final da Liga Europa integra vários clubes com pergaminhos no futebol do Velho Continente, como PSV Eindhoven e Ajax, dois ex-campeões europeus, que defrontam Sevilha, recordista de títulos na prova, com seis troféus, e Union Berlim, um dos responsáveis pelo afastamento do Sporting de Braga.

A Juventus, outro ‘clube de Champions’, que já conquistou duas vezes, enfrenta o Nantes, enquanto a Roma treinada pelo português José Mourinho e que dispõe do guarda-redes Rui Patrício, mede forças com o Salzburgo, o Shakhtar Donetsk com o Rennes e o Bayer Leverkusen com o Mónaco, de Gelson Martins.

A primeira mão do play-off da Liga Europa disputa-se na quinta-feira e a segunda – na qual o Sporting se deslocará à Dinamarca -, realiza-se uma semana mais tarde, em 23 de fevereiro, com os vencedores a entrarem no sorteio dos oitavos de final com as oito equipas que se impuseram na fase de grupos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.