O Sporting recebe esta quinta-feira os milionários do Manchester City, em jogo dos oitavos de final da Liga Europa, depois do FC Porto, detentor do troféu, ter caído na última ronda aos pés dos “citizens”.

Já afastado da luta pelo título, o Sporting procura na Liga Europa manter o excelente histórico caseiro frente a equipa inglesas, que apenas venceram em Alvalade uma vez, e manter a “cidadania” europeia frente ao carrasco do FC Porto.

Depois de na última temporada Portugal ter estado representado por três equipas nas meias-finais e duas na final, esta época os “leões” são os últimos representantes lusos em prova.

Na história recente, os dois clubes, que nunca jogaram a nível oficial, encontraram-se em 2010 num torneio particular, nos Estados Unidos, então com o triunfo dos “leões”, com dois golos do agora benfiquista Yannick Djaló, embora presentemente as duas equipas tenham pouco a ver com a dessa época.

O Sporting chega a este encontro depois de mais uma derrota na Liga, que o deixa a 14 pontos do líder FC Porto, naquele que foi o primeiro desaire do treinador Ricardo Sá Pinto.

Apesar das estrelas do Manchester City e do mau momento do Sporting, Ricardo Sá Pinto não acredita em favoritismo em alta competição.

«Em alta competição o favoritismo diz-me muito pouco. Conheço bem o adversário, individual e coletivamente. Tem jogadores individualmente fortes em todos os setores. Mas nós somos o Sporting, jogamos em casa e não tememos ninguém. Temos de ser sérios, rigorosos e jogar o nosso futebol. Acredito fortemente na equipa», afirmou Sá Pinto na conferência de imprensa de antevisão.

Para o jogo de Alvalade, Sá Pinto já poderá contar com Alberto Rodriguez e Renato Neto, recuperados de lesão, tendo feito também regressar João Pereira, que falhou a derrota com o Vitória de Setúbal por opção.

Ainda de fora continuam Jeffren e Rinaudo, ainda não totalmente recuperados das respetivas lesões e por isso impedidos de alinhar a partir das 18:00 no estádio José Alvalade, em jogo arbitrado pelo espanhol Carlos Velasco Carballo.

Este será o 250º jogo dos leões nas competições da UEFA, contabilizando um total de 106 triunfos, 57 empates e 86 derrotas. O Manchester City já disputou 50 jogos na Taça UEFA/Liga Europa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.