A UEFA vai fazer uma vistoria ao Estádio dos Barreiros na segunda-feira, a pedido do Marítimo que pretende utilizar o seu recinto na quinta-feira, no jogo da segunda mão do “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga Europa, frente aos bielorrussos do BATE Borisov, garantiu à agência Lusa fonte do clube madeirense.

O clube fez a solicitação ao organismo que tutela o futebol europeu na passada quinta-feira e o mesmo foi aceite, tendo o Marítimo sido informado que uma delegação da UEFA estará na Madeira na segunda-feira para o efeito de avaliar as condições do Estádio dos Barreiros que se encontra actualmente em obras de remodelação.

O Marítimo baseou o pedido nas deficientes condições encontradas nos campos onde a equipa jogou as pré-eliminatória da Liga Europa, nomeadamente nos estádios do Sporting Fingal (Irlanda), Bangor City (País de Gales) e BATE Borisov (Bielorrússia), consideradas inferiores às que actualmente os Barreiros oferece para a realização de jogos das competições europeias.

O Marítimo quer evitar voltar a jogar no Estádio da Madeira, campo do Nacional, utilizado pela equipa nos jogos da segunda e terceira pré-eliminatórias da Liga Europa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.